O mar da vida

Viver é nadar em mar aberto.

É estar atento a todas as possibilidades que existem a sua volta.

Aí, num mar grande, braçada a braçada você vai ajustando o curso, tentando descobrir quando é melhor insistir e quando é melhor desistir e deixar pra lá. Se deixar levar...
O mar da vida, entre batalhas ganhas e ondas perdidas, o nadador avança, recua, volta a avançar.

Se lança, às vezes, sem certeza nenhuma na correnteza do infinito.

E abrir-se a todas as possibilidades é mergulhar na beleza de estar vivo hoje.

O mais importante de tudo é você sentir o coração pulsar esteja você em situação que estiver, alegre, triste, do jeito que o seu coração mandar.

Mas acredite que viver é muito bom e a gente só tem hoje pra continuar!

-Autor desconhecido